PERGUNTAS E RESPOSTAS

 


Como é possível economizar energia com o sistema fotovoltaico?

A economia se dá, pois os consumidores de energia que possuem um sistema de geração distribuída, um sistema fotovoltaico, por exemplo, participam do sistema de compensação de energia elétrica. Este sistema está regulamentado pela Resolução 482/2012 da ANEEL. Durante o dia, quando a geração fotovoltaica é maior do que o consumo de eletricidade da casa, a energia excedente é injetada na rede elétrica. Quando o consumo da casa é maior que a produção, a energia é obtida da rede elétrica. No fim do mês, o cliente paga apenas a diferença entre a energia injetada na rede e a produzida. Se, em um determinado mês, a energia injetada na rede for maior que a consumida, o cliente tem o direito de gastar a energia que sobrou nos meses subsequentes, num prazo máximo de 60 meses.


Porque instalar um gerador de energia fotovoltaica com a Smartly?

Ambiental

  • A energia solar é a forma de geração de energia elétrica mais limpa utilizada comercialmente. O seu uso contribui para a diminuição da utilização das termelétricas, que emitem grandes quantidades de gases estufa na atmosfera. Além disso, parte da energia gerada pelas grandes usinas é perdida nas longas linhas de transmissão e distribuição. Com a geração fotovoltaica, a energia é produzida e consumida no mesmo local, praticamente anulando as perdas elétricas.

Eficiência

  •  Visamos maximizar a energia gerada pelo sistema com o menor custo possível para o cliente. Por isso planejamos todo o processo de implementação, desde a escolha dos equipamentos, à instalação e homologação do projeto perante à concessionária.

Economia

  •  A nossa cultura é fazer tudo da forma mais eficiente, desde o projeto, até a gestão interna da empresa. Assim, evitamos desperdícios e oferecemos nossos serviços com o menor custo possível.

Rentabilidade

  •  Este sistema reduz drasticamente a conta de energia, assim, o investimento se amortiza no prazo de aproximadamente 7 anos, mas o sistema possui vida útil de 25 anos ou mais. Além disso, esta solução agrega tecnologia ao imóvel e consequentemente valoriza-o substancialmente.

Garantias

  •  Oferecemos as melhores garantias para os equipamentos e serviços prestados (instalação, manutenção, etc). Nossa empresa é composta por uma equipe de engenheiros eletricistas e civis e arquitetos, trazendo uma maior segurança na instalação deste tipo de sistema, e oferecendo uma solução realmente completa para as suas necessidades, já que para a instalação deste sistema é imprescindível avaliar estruturalmente o local de instalação dos painéis solares. Só uma empresa com 30 anos de mercado pode te dar a segurança na instalação de um sistema que vai durar no mínimo 25 anos.


É possível conseguir um financiamento?

Sim. A Caixa Econômica Federal (através do Construcard), o Banco do Brasil (através da linha BB Crédito Material de Construção), o banco Santander e a Poupex financiam sistemas fotovoltaicos. Empresas podem financiar a implementação do sistema através do FCO.


Quais são as etapas e quanto tempo demora para eu ter meu sistema funcionando?

Após a elaboração do estudo por parte da empresa, é feito o contrato do serviço. São necessários 20 dias para a elaboração do projeto, solicitação de acesso e emissão de ART pelo CREA (Atestado de Responsabilidade Técnica). Alguns prazos dependem da concessionária com limites estabelecidos pela ANEEL.

  • Instalação (20 dias, responsabilidade da empresa);
  • Homologação do projeto pela concessionária (34 dias, se não houver necessidade de adequações na rede de distribuição de energia).

Desta forma, pode-se demorar até 3 meses até que se tenha o sistema funcionando.


Qual a manutenção de um sistema fotovoltaico?

Um sistema fotovoltaico apresenta manutenção praticamente nula. Os módulos (painéis) fotovoltaicos são limpados pela chuva, mas é recomendável limpar  a cada 2 anos. A vida útil dos módulos fotovoltaicos é estimada em 25 a 30 anos. A maioria dos fabricantes garante uma eficiência de 80% dos painéis em 25 anos. Já os inversores apresentam vida útil estimada em mais de 10 anos.


De quem é a responsabilidade financeira pelas obras no sistema de distribuição para a conexão da unidade geradora?

A micro ou minigeração distribuída se conecta à rede por meio de uma unidade consumidora. Assim, o tratamento regulatório acerca das responsabilidades para conexão é similar àquele dado a unidades consumidoras convencionais. Os custos de eventuais ampliações ou reforços no sistema de distribuição em função exclusivamente da conexão de microgeração ou minigeração distribuída participante do sistema de compensação de energia elétrica são arcados integralmente pela distribuidora acessada (Art. 5º, Resolução 482/2012).


Qualquer profissional pode se responsabilizar pelo sistema de geração distribuída?

Não. Apenas um Engenheiro Eletricista pode assinar o termo de acesso da CEB, no qual ele se responsabiliza por quaisquer danos causados às pessoas ou ao patrimônio devido ao mau funcionamento do sistema de geração.


Você tem mais alguma dúvida? Entre em contato conosco.